Tag Archives: triste

Farewell letter.

21 nov

I wanted you to be here, dear.

“Minha Tutti

Engraçado como uma pessoa até certo momento desconhecida os teus olhos, pode ter a humildade de te ajudar, de querer ver o teu bem acima de qualquer outra coisa. Minha Tutti, é assim que eu chamo todas as pessoas que são mais que especiais pra mim. E foi assim que eu te chamei e vou te chamar. Eu sinto que tudo esta se perdendo, por isso te deixo essa carta, essas palavras traduzindo o que tu és pra mim. Você deixou de ser aquela desconhecida pra tomar meu coração nas mãos, e você prometeu me ajudar, você prometeu que iria dar certo, mas eu estraguei tudo. Eu to indo embora sem ao menos te dar um abraço, pegar você no colo pequena. Agora eu simplesmente te tenho dentro de mim. Você meu anjo especial, anjo de idéias maravilhosas, anjo que canta com a alma, e sorri com um dos sorrisos mais sinceros que eu já vi. Tão pouco tempo e já tão confiável e importante. Tão calma, mas quando se irrita vira um leão. Linda na sua essência, bela na sua delicadeza. A menina que cresceu rápido, que aprendeu com a vida e que hoje é aquela que me faz ter um pingo de esperança mesmo estando tão perto de partir. O lado amargo da dor ela já sentiu, já se afogou em lagrimas, e percebeu que o sorriso mesmo que discreto é a melhor saída. Dona de uma timidez desinibida, de um sentir profundo. Aquela menina mulher que gosta do silencio mesmo estando no lugar mais barulhento. A dona do olhar encantado, aquele alguém que já sofreu e que hoje segura às pontas da corda aonde eu quero me enforcar. Eu sou eternamente grato por ti, que nunca me deixou, que sempre me mostrou o lado bom do amor, mesmo que esse amor nunca viesse a virar um grande amor. Desejo a ti meu anjo, tudo de melhor, e me desculpe por no seu próximo aniversario não estar aqui pra te dar um parabéns atrasado. Mas eu estarei perto de ti como o vento, e quando você se sentir sozinha, precisando de um ombro amigo, lembre-se que existi, e que de uma forma ou de outra eu estarei ali do seu lado como o vento. Agora eu não vou estar mais aqui, e eu quero que você abrace sempre aquela pessoa por mim. Diga que eu a amei, de verdade. Sonhei tanto com ela, e eu sei que nós 4 seriamos muito felizes juntos. Mas Deus não quis que fosse assim, só espero te encontrar de novo, algum dia, e poder dizer que eu te tinha como minha irmã mais nova. Cuide-se, eu estarei sempre aqui, mesmo você não me vendo, eu estarei ao seu lado, tentando te deixar feliz. Desculpa, mas eu não consegui. Por favor, coloque essa carta em algum lugar visível, onde todos possam saber que eu existi, e eu te amei minha amiga. Sempre vai existir algo em você, que eu sinto falta em mim.

 

Att, Kauê Henrique.”

E parece doer mais do que eu imaginava. Essas foram suas últimas palavras escritas para mim…
I already miss you, with love, Nati.

 

My old memories.

18 nov

I will always remember..

“Era 00h00 e eu fiz meu pedido: poder me mudar, e ser feliz ao lado do meu amor.
Era tudo o que me importava naquele momento.”

Olhei para o relogio, era 00h03, e as lagrimas pareciam cortar o meu rosto conforme escorriam. A minha dor era grande, e eu precisava me isolar. Meu coracao batia rapido(tao rapido quanto as lagrimas que escorriam – ou seja, sem parar), e todas as mas lembrancas da minha infancia me vieram em mente. Geralmente nao me lembro dos sorrisos, acho que tive poucos… Mas lembro das brigas que ouvi, das lagrimas que vi, da solidao que senti, do vazio em tudo, de uma crianca deixada ali, parada, apenas a observar as coisas ruins acontecerem. Ja vi alguns sorrisos, claro; Mas nunca foram para mim. Lembro-me de parecer um problema e nao a felicidade de alguem.

Acho que nunca fizeram questao que eu existisse, mas ja que existo, eles pagam minhas contas. Tudo por obrigacao. Nao me lembro de nenhum sorriso quando eu pedia um sorvete… lembro das caras e bocas que pareciam dizer “o que diabos voce faz aqui?”. Os sorrisos foram apagados da minha infancia, e eu os recuperei agora. Mas toda vez que eu estou feliz, alguem estraga, fico me lembrando da infancia, penso que sou indesejavel pra qualquer pessoa e tenho vontade de sumir! Assim eu nao atormentaria mais ninguem; E junto com minha saida, todos os sorrisos que conquistei tambem sumiriam… Mas pelo menos eu viveria no vazio, sem dor, sem amor… E seria o que sou hoje, mas sem tais lagrimas: um nada.

Eu queria sumir daqui, aparecer em outro lugar, e comecar uma vida nova coom meu amor(Pois foi quem me devolveu os sorrisos que tinha perdido).

With some pain, memories, melancholy and new love, Nati,

Where did you go?

16 nov

“I’m gonna miss tomorrow, just like I miss yesterday.”

O que aconteceu? Pra onde foram todos aqueles sorrisos, aquelas velhas risadas, os velhos abracos? O carinho que tinhamos um pelo outro, as visitas constantes e as conversas jogadas fora? Tudo isso desapareceu. Onde voce se escondeu? E por que levou todos as historias, o passado e o sentimento com voce? Deixasse ao menos os sorrisos velhos, ate mesmo os pisoteados. Eu adoraria lembra-los um por um. Por onde voce tem andado, e o que tem feito? Por que nao me responde mais? Sera que so eu sinto falta do que tivemos? E me pergunto todas as noites qual o motivo de voce ter me abandonado. Sem mais nem menos, voce simplesmente desapareceu. Meu amigo, meu protetor, aquele que se preocupava comigo… Onde ele esta? Nao aguento mais seus novos sorrisos, eles sao falsos, e ja nao caem tao bem quanto os outros. As conversas sumiram, principalmente aquelas sobre preocupacoes; Pois voce ja nao se preocupa mais comigo… Voce bem que poderia me ligar pra me dizer um oi, ou pelo menos atender minhas ligacoes, para eu saber como voce esta. Mas sera que so eu me preocupo?

Como vai sua vida? Eu gostaria de saber por onde tem andado, o que tem feito, por que sumiu, por que me evita, por que esqueceu todas as historias e tudo mais. Ate mesmo as lagrimas se secaram dentro de voce.

Como vai sua vida? Eu nao gostaria de saber por onde tem andado, o que tem feito, por que sumiu, por que me evita, por que esqueceu todas as historias e tudo mais… Nao quero entender por que as lagrimas se secaram dentro de voce… A unica coisa que realmente gostaria de saber é quando voce vai voltar.

Mas como eu disse, sera que so eu sinto falta do que tivemos? Sera que so eu me preocupo? E a resposta pra essas perguntas é que voce ja nao se lembra mais que existo. Eu vou sentir sua falta, querido amigo; Eu sempre senti.

With love, Nati.

I don’t wanna hurt you.

25 out

“I’m really so sorry, you could choose let it go.”

Nao sei como me “despedir” de voce… Na verdade acho que nada nem comecou de verdade(pelo menos nao para mim). Tenho te evitado um pouco, pra nao te fazer se apaixonar por mim, mas acho que pensei nisso tarde demais, nao? Me desculpe se acabei sendo o que voce precisava, mas voce nao é o que preciso… Na verdade até é, ou esta bem proximo a isso, mas eu ja tenho quem e o que preciso. Nao quero ser grossa, estupida, ou qualquer coisa do genero; voce me conhecendo tao bem assim sabe que eu nao gosto de fazer mal a pessoas que se apaixonam por mim, e sempre foi dificil eu dizer “nao” cara a cara. Voce sabe que gosto de faze-las tornarem minhas amigas, pro proprio bem delas. Se voce nao sabia disso, tudo bem, estou lhe dizendo agora! Vou explicar o meu motivo para te dizer isso…

Tudo comecou ha uns 3 ou 4 anos, que foi quando te conheci e me deixei gostar de voce… Sim, eu pensava em voce o suficiente pra dizer que poderiamos ter ficado juntos, se voce quisesse. Mas, mesmo com voce sabendo de tudo isso, eu parecia te assustar, e voce sempre fugia de mim. Eu me cansei, desisti de procurar em voce o que eu nao poderia achar. Eu nao me perdi, na verdade acabei me achando… Achei meu proprio caminho e o segui, ate chegar aqui, feliz no meu hoje. Durante a minha ausencia voce decidiu pensar um pouco mais a nosso respeito, e quando voce voltou, me encontrou em outros bracos(os quais na verdade eu estava afastada, mas voce sabia que existia outro; Voce sempre soube). Nao, voce nao se machucou, porque voce ainda tinha as simples ideias de talvez ficarmos juntos, enquanto eu tinha a certeza do meu “nao” pela minha primeira vez. Mas eu fui atingida por alguem, ou melhor, por varios “alguens”, e voce foi o primeiro a me socorrer e me ajudar. Eu me aproximei de voce sim, nao posso negar; mas isso nunca quis dizer que eu estava apaixonada por voce! Eu me aproximei demais, a ponto de fazer seu coracao comecar a bater por mim… Me desculpe, eu nao queria lhe causar tudo isso. E eu nao sei se voce ira sentir alguma dor, nao sei se ira ficar com raiva de mim, mas por favor nao fique. Eu tenho um amor, e espero que voce encontre o seu. Nao quero te fazer se apaixonar mais, entao nao poderei mais cantar pra voce, nem escreverei-lhe cartas(o que nunca fiz ao certo); Prometo me ausentar o suficiente para que voce me esqueca rapido, ate mesmo sem ouvir meu nome, minha voz, ou ler algo sobre mim.

I just wanted to say I’m really sorry if you really feel something about me, but you need to let it go. There’s no reason to think of me before you sleep. But Gab, never forget I’ll be here for you like a friend, never forget I still can listen to you, hug you and help you with something. You just needed to know the true, I just needed to let it go; I’m sorry for writing and not telling you face-by-face, but I was kinda afraid. I’ll miss you calling me, I’m sure I will.

With friend love, Sarah.

Got frustrated.

2 out

You forgot me... again.

“All I wanted was you” –  And I still do.

Era uma noite escura,já estava tarde, mas eu ainda estava ali te esperando. Todos que passavam por mim me olhavam, e achavam estranho eu sozinha ainda acordada. A promessa feita parecia sussurrar em meu ouvido sem parar “te vejo essa noite”… E quando eu fechava meus olhos, sentia um frio passando entre meus dedos. Meus dedos gelados, a ponta de meu nariz vermelha, meus cabelos sendo lançados pro lado, e o vento levando a promessa. Outro sussurro começou, e dizia levemente em meu ouvido “por que ainda espera?”. Comecei a sentir o frio em minha direção; O vento o trazia, e levava agora a esperança… Pensamentos vieram em mente, já que o silêncio me conduzia à isso, e tudo o que eu pensava era que você tinha mais uma vez me esquecido. Lembranças do beijo em que fez se esquecer de mim, da troca que fez por mim, pensamentos dizendo de como você nunca se importou… Tudo o que era ruim estava girando em minha volta, e todas as perguntas estavam ali. Tentei tirar tudo de minha mente, tentei me focar em você, mas então meu ponto fraco foi sussurrado lentamente por uma voz fria e desconhecida “Se ele te esqueceu mais uma vez, será que voltará a se lembrar amanhã?” Era como se fosse a propósito, como se o ódio quisesse me fincar novamente… Minha reação foi deixar que as lágrimas me abraçassem, até que eu adormecesse sem perceber.

With melancholic thoughs, Sarah.

Sobre as coisas que poderiam acontecer.

30 set

Minha maior vontade nesse dia, seria poder dizer.  Seria poder te ligar e dizer “me encontre em tal lugar”. Eu iria dizer tanta, mas tanta coisa. Poderia ficar falando por horas, seu perfume, seu olhar e sua voz não me fariam desistir. Mas eu apenas não posso ligar, não posso dizer. Se ao menos as circunstâncias fossem outras… Mas não.

São tantas coisas que poderiam ser ditas. E eu as diria, creio que iria gaguejar um pouco e perder o fôlego, tremer, talvez.  Depois de tantas coisas ditas, acredito que nós nos abraçaríamos. Aquele nosso abraço, lembra? Poderíamos depois sair para tomar um café enquanto chove e desde a noite. Junto com a noite, lembraria de algumas muitas lágrimas e talvez pudesse ficar pensativa, observando o céu, procurando por minha estrela.  Você perceberia, pelo meu olhar, que eu estaria em uma confusão de pensamentos. Mas seus dedos acolheriam minhas mãos e seus braços ao redor de mim me deixariam segura novamente. Até então, você não havia falado nada e eu já havia me preparado para não ouvir. Afinal, apenas tirar de minha mente todas as palavras empoeiradas já me deixaria tranquila.

Então, chegaria a hora de partir, e eu saberia que esse seria a despedida final. Saberia que havia dito tudo o que deveria, mas nada foi ouvido. Eu estaria engolindo meu choro e as palavras de por-favor-fique-comigo. Essas não deveriam ser ditas, seria tarde demais.

“Se cuida, tchau!” – Essas seriam minhas últimas palavras, seguidas de um sorriso falsamente espontâneo. Eu o abraçaria, sem pensar. Pois saberia que seria o último. Ficaríamos assim por algum pequeno espaço de tempo (pois o tempo passa tão rápido com ele), apoiando minha cabeça em seu peito, eu continuaria engolindo meu choro e as palavras, isso seria sufocante. Mas então, ele diria – Que sente muito, que têm saudade, que digitou meu número por muitas vezes, mas nunca ligou. Que gostaria que ainda fosse tempo, que não me imagina partindo -. O abraço ficaria mais apertado e as lágrimas escapariam, escorrendo furiosas pelo meu rosto. Tomaria coragem para olhá-lo nos olhos, e ele dizia, sim, diria… “Eu amo você, não há como fugir de você”.  Então eu saberia que ele não me deixaria partir. Não haviam promessas, apenas sinceridades. Eu retribuiria suas palavras com sorrisos e lágrimas involuntárias. Não importa em quantos pedaços ele tinha quebrado meu coração, ele era o tipo de pessoa que todas as vezes que dissesse que me ama, essas palavras seriam retribuídas, pois eu continuaria o amando com todos os pedaços do meu coração.

Mas por enquanto, continuo guardando minhas palavras dentro de minha mente, em alguns rabiscos no caderno e em algumas cartas que estão guardadas em lugares secretos, pois nunca serão entregues, como minhas palavras, que nunca serão ditas. Para que elas não escapem, evito seu rosto, sua voz e seu sorriso. Chego até a pegar o telefone, discar seu número. Digito algumas coisas e aperto esc. Escondo minhas lágrimas atrás de meus sorrisos. Me escondo.

Meu maior defeito continua sendo a covardia.

Hoje eu poderia dizer, tanta, mas tanta coisa…. Que você jamais quis escutar. Nunca esteve aqui.

Talvez eu fosse ingênua, me perdi nos seus olhos… E nunca realmente tive chance. Eu tive tantos sonhos sobre você e eu, finais felizes, bem agora eu sei que eu não sou uma princesa, isso não é um conto de fadas. Eu não sou aquela que você quer agradar, conduzida pela escadaria. Isso não é Hollywood, esta é uma cidade pequena.

Ally escreveu algumas cartas que nunca serão entregues hoje.

Cold late night.

11 set

Im feeling weird.

“E a madrugada se aproximava, enquanto seus bracos se afastavam.”

Me lembro facil de todos os nossos momentos; Nossos cafes pela manha sempre foram marcantes, com lembrancas daqueles beijos que me esquentavam logo pela manha bem fria. Conforme o tempo se passava, voce continuava do mesmo jeito pelas manhas, mas eu comecava a sentir sua ausencia durante as noites. A madrugada sempre era minha companhia, porque a unica coisa que eu sentia durante as longas horas de noite, era frio e vazio. Voce se afastou por um tempo, e como desculpa, talvez para um recompensamento “automatico”, voce se aproximava pelas manhas. Mas nao, eu nao me deixei ser levada. Eu te avisei que estava percebendo isso, avisei sobre minha partida, e voce nem piscou. Ficou parado observando ate que eu resolvese me cansar  de tudo. Sim, eu me cansei, desisti e aqui estou lhe avisando mais uma vez. Nao consigo mais acreditar em voce, me cansei de ter ciumes por nada, me cansei de ficar te esperando durante horas, me cansei de suas mentiras, de tudo, de voce. Nao estarei mais tao presente em sua vida; E desde quando comecei a me ausentar, voce sentiu minha falta, assumiu isso, mas… Nao voltarei mais a ser como um dia fui, nao voltarei mais a ter aquele sentimento intenso, nem a ver como um dia vi, nem a pensar como um dia pensei. Na verdade, tudo em que for a seu respeito jamais voltara a ser o mesmo. Me desculpe. Nao tema, ainda continuarei a conversar com voce, serei sua amiga, estarei ao seu lado pra te ouvir e aconselhar se necessario, cantarei quando quiser me ouvir, escreverei textos quando precisar ler, e estarei presente… Mas como amiga; e nao poderei mais ter amor, senti-lo ou me tornar seu vicio. Voce encontrou outras para que pudessem me substituir, e eu encontrei o vazio, que pode me consumir. Nao sinto mais nada, por niguem. Voce tirou o que um dia tive, e nao sei quem podera me devolver tal sentimento, ou se alguem um dia ira. Espero que eu seja diferente aos olhos de alguem, porque me cansei de ser normal. Espero que voce possa mudar o mundo de alguem, porque voce so tem sido normal. Enfim, nao importa o que aconteca entre a gente. So quero que saiba que eu desisto de “nos”, mas nao de voce. Estarei ao seu lado sempre, no matter what.

With a good love, Sarah.