Tag Archives: natal

Sua casa, seu natal.

20 dez

Tem uma GRANDE diferenca entre a casa do meu pai e da minha mae: a do meu pai nao tem quase nada, a da minha mae tem demais.

Sim, mais um natal chegando, mais compras e enfeites de natal. Tirei umas fotos das coisinhas da minha mae pra voces verem e se “inspirarem”. Fica tao mais gostoso quando a casa fica toda arrumada no natal, e parece passar uma energia boa pra todos que entram nela. Espero que voces gostem, por favor comentem, porque ja nao gostei da minha ideia de fazer isso, vou me sentir horrible. ENJOY IT!

  • Para pendurar, em qualquer cantinho da casa



  • Para cozinha




  • Para portas





  • Para colocar em mesas






  • E se voce nao tiver uma arvore de natal tradicional, crie a sua
    Merry Christmas, Nati.
Anúncios

Tomorrow is december.

30 nov

Ah, Dezembro… Você é o meu mês preferido. Todo esse clima que vem contigo, todas essas sensações de surpresa, de inesperado. Me fazem um bem inexplicável.

Sim, inexplicável. Como o que eu sinto.
Não sei de onde surgiu – mas sei que já faz algum tempo. Tempo suficiente para saber que se permanece até agora, é porque algum sentido esse sentimento faz. Todos os pensamentos antes de dormir, aquelas horas iguais, as mãos, os abraços, as músicas. Tudo. Tudo permanece dentro de mim.

E eu espero que esse Dezembro me traga mais boas lembranças, notícias e surpresas – como sempre trouxe. Posso estar completamente enganada (e espero que não), mas ainda quero que esse Dezembro seja o meu melhor, o nosso melhor. Ou pelo menos o começo dos nossos melhores. Quero que esse Dezembro me traga você, traga meus sonhos e os faça permanecer.
Existem tantas coisas que poderiam acontecer, tantos sentimentos pendentes… E tudo o que eu peço nesse Natal é que ele me traga você de novo. Entre 12 meses, escolhi o último; apenas pela possibilidade do início.
Please, December, be good to me.

Somebody who love a place to lay my head, but I got 30 days and I’ma make them count, cause I can’t call it Christmas without someone to smile about.

Ally.

A música de hoje.

25 nov

Já faz algum tempo que o Natal é a minha época preferida do ano. Todo esse espírito natalino, me deixa mais leve. Como se coisas boas ainda tivessem a oportunidade de acontecer.
E de costume, 25 de novembro tem uma música especial: 30 days, do nevershoutnever que só pra constar, é MEU, nem pensem em viciar no Drew. < Sério. Eu particularmente, sou apaixonada por essa música, porque parece que o Drew entrou na minha mente e escreveu exatamente tudo que eu precisaria escrever num natal. Ou quase tudo.

Para ouvir > vídeo da música:

Tradução:

30 dias até o Natal e tudo que eu sei é que eu não estou realmente pronto pra esquecer esse último ano; Eu tenho tanto pra mostrar… Mais um mês e tudo que eu preciso é um sinal de que você pense em mim. Se não pensar, então, por favor, apenas diga isso… Porque tudo que eu faço, é pensar em você.

E isso está me desgastando, está me cansando. Esse feriado, nada mais é do que caras feias pra mim. Mas eu tenho um presente, você vê? Estou fazendo uma lista, vou checar duas vezes, de todas as coisas que você fez na minha vida. E eu mandarei pra você, então você vai ver por que eu amo você.

Quem ia pensar que alguém como eu podia se apaixonar tão facilmente? Eu sei que você sabe que eu sei o que eu quero, eu sei que não posso ter, mas pense nisso, eu sei que parece loucura, baby, mas tudo que eu faço é pensar em você.

E isso está me desgastando, está me cansando. Esse feriado, nada mais é do que caras feias pra mim. Mas eu tenho um presente, você vê? Estou fazendo uma lista, vou checar duas vezes, de todas as coisas que você fez na minha vida. E eu mandarei pra você, então você vai ver por que eu amo…
Tudo que você deixou no meu caminho. Eu sei que é difícil de dizer, mas é uma vergonha gritante que eu vim por todo esse caminho, com tanto pra dizer, mas tudo o que saiu foi “Feliz Natal”.

Uma comida caseira e uma cama confortável,  alguém para amar, um lugar pra eu deitar minha cabeça. Mas eu tenho 30 dias e eu vou contá-los, porque eu não posso chamar de Natal sem ter alguém por quem sorrir.

 

xx, Lu.