“É ele”.

4 fev

Sempre fui muito confusa. Em todos os aspectos. Minha cabeça girava pelas pessoas e parecia não encontrar refúgio em nenhuma. Nenhum ponto de paz especifico para que pudesse me apoiar. As pessoas olhavam para mim e diziam “Ah, essa sua confusão que me confunde e confunde todos ao seu redor!” E então eu pensava que era algum tipo de problema comigo, com a minha personalidade confusa. Ou talvez vazia.
Sim, vazia.
E agora completa.
De certo modo é estranho explicar. Não existem maneiras de expressar a maneira e a rapidez como aconteceu. É válido dizer que aconteceu que no primeiro instante em que o encontrei perto de mim, tão perto, e tive a certeza. Uma pontada no estômago, uma coisa inexplicável e diferente. Algo que me disse “É ele”. Bem desse jeito clichê mesmo. Desse jeito que eu nunca pensei que fosse acontecer comigo. Por medo, por decepções, por falta de clareza talvez… Mas aconteceu. Simplesmente aconteceu. E naquele instante eu tive a certeza de que ele não seria qualquer um.
E não é.
Ao encontrá-lo, ele tornou-se responsável pela minha confusão sumir e agora, parecer tão clara. Tudo é tão óbvio dentro de mim. A confusão, as coisas complicadas… Foram todas substituídas por clareza. Uma clareza que me diz que ele é a parte que faltava. A parte que sempre procurei, e em um momento de quase desistência de encontrar, o encontrei.
Acho um tanto quanto estranho expressar em palavras a intensidade do que isso significa para mim. As palavras não parecem ser suficientes. Até mesmo quando digo que “ele é tudo que eu precisava, e mais” ou “ele é a parte que me faltava”, parece pouco. Pouco, para representar o que sinto pelo alguém que trouxe uma paz que nunca tive, uma clareza sobre o que desejo para o resto de minha vida, um encaixe perfeito, sorrisos involuntários durante todo o dia, um sentimento inexplicável… Pouco, para representar o que eu sinto pelo alguém que me ensinou o que é o amor.
E quando digo amor, quero dizer da maneira real da palavra, sem o descuidado com que as pessoas atualmente têm com ela. Um amor, como nunca experimentei antes. E a minha dádiva é que esse amor pra sempre viva.

The world will never ever be the same, and you’re the blame.
xx,
Lu.

 

Anúncios

4 Respostas to ““É ele”.”

  1. justwhatwesee 5 de fevereiro de 2011 às 22:56 #

    E agora eu estou sem palavras para dizer sobre o post. É incrível como conseguem fazer não só esse post, mais outros que tenham tanto haver com milhares de pessoas e que as inspirem a compartilhar seus sentimentos. Parabéns pelo trabalho de vocês.

  2. ineedyouxoxo 11 de fevereiro de 2011 às 15:43 #

    own são muitos fofos seus textos!

  3. laura 11 de fevereiro de 2011 às 15:44 #

    são muito fofos seus textos :D

    • Vanessa 26 de dezembro de 2011 às 16:43 #

      É tão bom saber quando encontramos ELE! ;D

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: