You stay and forget where the heart is.

16 ago

It’s okay to be angry and never let go, it only gets harder the more that you know. When you get lonely if no one’s around, you know that I’ll catch you when you’re falling down. We came together but you left alone and I know how it feels to walk out on your own. Maybe someday I will see you again and you’ll look me in my eyes and call me your friend.

O olhar dele continua tão igual… Aquele que eu considerava tão meu. Agora, tão distante.

Seria eu uma tola por acreditar que talvez, em algum lugar dentro dele, eu poderia existir? Dentro dos pensamentos e eu já ficaria contente… Nem precisava de tantos sentimentos – eles vêm com o tempo. Pensando bem, seria tolice demais acreditar nisso. Somos intocáveis agora. Não existe nenhuma palavra a ser dita e nenhuma atitude seria capaz de mudar alguma coisa. Já ficou tudo para trás e voltar ao passado não é saudável… Causa danos, cicatrizes… Machucados.

Somos ímãs que já não são mais atraídos. E não importa o quanto se force ou quanto super-bonder seja colocado entre eles, esses ímãs não ficam juntos. Com um pouco de cola e força, talvez, até poderiam grudar… Mas já não seriam mais ímãs e perderiam seu valor.

Talvez eu fique triste por alguns dias e derrame algumas lágrimas vez ou outra, quando aquela música começar a tocar. Mas passará ao amanhecer. Sinto medo que nada mais venha a ser real como era com ele ou que meus olhos não consigam enxergar nenhum outro olhar como o dele, ou até mesmo que meu corpo não ache braços mais confortáveis. Mas passará ao conhece-los.

Isso tudo está confuso, ah, meus pensamentos soltos não fazem sentido… O que realmente tento dizer é que pegamos caminhos diferentes. Como em todas as partes da vida, existem escolhas e opções, a dele está tomada. Sendo assim, continuarei em meu caminho, do qual ele não faz mais parte. E nunca fará. Talvez eu sinta a curiosidade de enfiar-me em alguma trilha que encontrar nesse caminho, sem saber exatamente em que lugar irei parar… Mas irei. Quem sabe ele não estaria ali, perdido? Mas duvido. E nem espero por isso. Suposições, suposições!

Ainda me incomoda. Dói. Faz lágrimas escorrerem involuntariamente. Por mais que o silêncio seja dolorido, ainda é uma dor menor do que a ausência. Porque é triste olhar, conversar e ser obrigada a sorrir para quem sei que não se importa… Quem sei que não sente o mesmo. Alguns pensamentos surgem em minha mente de vez em quando. Pensamentos de que ele poderia pensar em mim também e que ele talvez poderia ter derramado algumas lágrimas também, ou esperado algumas ligações, respostas e abraços como eu esperei. Mas pensamentos assim logo somem, pois seriam loucura. Aposto que ele está melhor agora, com ela.

Definitivamente não é mais real, não é mais recíproco (se é que algum dia foi), não é mais possível. E é assim que a história acaba. Se é que um dia existiu alguma… Esse é o fim de todos os sentimentos, até agora tão desperdiçados… Aposto que ele nem se lembra.
Eu não lembro. E não pretendo me lembrar. Ele sempre foi tão vazio… Não será agora que farei questão de ouvir aquelas palavras vazias que eu já sei de cor.
I’m over you now. But it hurt.

Ally.

Anúncios

Uma resposta to “You stay and forget where the heart is.”

  1. Michelly 23 de março de 2011 às 14:43 #

    Eu achei que este texto foi feito especialmente pra mim porque tem tudo haver com a minha historia algo que talvez nunca tenha existido como um rabisco qualquer em alguma folha onde imensuravelmente se continha meu rascunho ao lado de alguém que só se importou consigo mesmo, que por educação dizia me amar , talvez ele guarde mentiras sobre a verdade que eu não consigo calar….Nós

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: