Bilhete para você, amor.

9 jun

Bom dia, amor.
Como vai a sua vida sem mim? Sabe, naquele dia, eu não queria dizer que não te queria, mas você sabe, acontece o tempo todo, amor. Talvez, seja o seu jeito complicado que me deixa assim irritada. Mas você sabe que poderíamos tornar isso bem simples, não é, amor? É difícil para você…? O que? Falar? Sim, eu percebi, amor. Suas palavras – quando existem – são tão repetidas. A distância foi você quem inseriu, você sabe, amor, a saudade é só uma conseqüência.
Agora, me diga… Ela te fazia sorrir ao ponto de viciar-se nela? Você se pegava sorrindo pensando no sorriso dela, no jeito de falar e agir dela? E enquanto ela te olhava…? Os olhos dela brilhavam como os meus a te olhar? Oh, amor, você sabe que não. Torne nossa história melhor, faça isso ser mais fácil, está mas suas mãos por enquanto, amor.
Mas deixarei claro, se for para afastar-se novamente, então não se aproxime mais… Você sabe que me machuca, amor.
É, você sabe, eu sei. Não tente disfarçar, amor, as suas palavras não condizem com suas atitudes. Mas você sabe…
É amor.

LAN.

Beijos, Ally.

"...You're on my mind, love, I told you I don't when I need it.."
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: