e eu te amo.

30 maio

É muito triste saber que acabou. Saber que tudo que vivemos juntos não passou de boas lembranças. Te abraçar me trouxe um sentimento que não consigo explicar. Queria poder não te largar mais, ficar ali, no meio da multidão te apertando contra meu peito. Não tive vontade de rir, nem de chorar, apenas de estar ali com você, me lembrando de todos os bons momentos que passamos juntos. Soa muito clichê isso tudo, mas a verdade é que eu chorei quando cheguei em casa, abraçando o bichinho que você me deu no aniversário do ano passado. Pensando que talvez, toda vez que nos virmos, vai ser desse mesmo jeito; apenas sentindo tudo de novo e lembrando. E o pior é admitir que aquele “eu te amo” foi sincero. Eu ainda te amo. Ver você me fez sentir de novo aquilo que senti faz tempo, pela mesma pessoa, do mesmo jeito, ainda. Pior ainda é perceber que enquanto a nossa história mal resolvida sofre uma tentativa de resolução, eu tenho alguém que me dá certeza, que me traz confiança e que demonstra me amar com todo o coração. Será, então, que o final da nossa história vai ficar pra mais tarde? Ou talvez, ainda, nem tenha um fim.

“Agora eu já nem sei se hoje foi anteontem, Me perdi lembrando o seu olhar.

Meu futuro é esperar pelo presente de fazer o tempo engatinhar..”

 

Boa tarde, leitoras de histórias mal contadas     # Jess;

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: