Sobre todas as coisas que eu nunca soube.

11 maio

É um tanto quanto complicado tentar buscar inspiração em algum lugar, qualquer lugar, quando ela foi embora para um mundo que eu não posso ir procurá-la. Um mundo em outra dimenção, onde eu não posso entrar. Nem posso tentar entrar, porque não conseguiria. É um tanto quanto complicado voltar a escrever sobre a vida, a morte e as pessoas, quando minha mente fica paralisada em apenas uma pessoa, da qual eu achava que era a minha vida. E descubro que nunca tive vida.

São polos opostos, intocáveis. “  Lembro perfeitamente das palavras amigas de alguém que queria que eu enxergasse a verdade. Mas meus olhos estavam tampados, inundados com as mentiras que eu, sozinha, julgava serem verdadeiras. Só conseguia respirar aquele ar, deliciosamente e irresistivelmente irrecusável. Era o seu  ar. Éramos, na minha idealização, um só. Eu tinha uma parte dele, e ele uma minha. “Nós somos como uma atração gravitacional.” Eu costumava afirmar isso constantemente para mim mesma, me fazendo acreditar naquelas verdades mentirosas. Me fazendo acreditar que, de fato, ele era meu. E existia.

Mas agora ele se foi. E de maneira alguma voltará, “voltar” é algo fora de cojitação.  Tudo dentro de mim dói, tanto, que não consigo distinguir de onde vêm exatamente a dor. Sinto que o que mais dói é não poder afirmar coisas como “O amor da minha vida está morto, porque sofreu um acidente.” ou “A razão da minha existência se mudou para muito, muito, distante, e não irá mais voltar. ” Não. Não são frases que eu posso dizer. Quem dera eu pudesse.

Tudo o que eu posso dizer é que, a razão da minha existência, não existe.

Ally. (re-postagem)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: