Hello, dear stranger.

3 maio

Olá, querido estranho. Como vai a sua vida sem mim?
Porque em meus dias sem você, bem… Eles não tem sido os melhores.
Olá, querido estranho. Porque diabos você se afasta tanto de mim?
Mas eu sei que você ficou parado ali, só para sentir meu cheiro;
E ouvir a minha voz. Oh, por favor, não tente disfarçar.
Olá, querido estranho. Eu já joguei esse jogo antes… Já decorei suas cartas e seus blefes.
E apesar de tudo, os dados continuam em suas mãos.
Os lance quando preferir… Só não posso garantir que estarei por aqui ainda, esperando.
Oh não, eu não posso garantir nada. Não posso garantir minha espera por você.
Nem sei mais quem é você.
Olá estranho, agora você está sumindo.
Algum dia, promete me contar aonde foi que você escondeu seus sorrisos?
Sim, aqueles que eu amava.
Oh, não! Eu não acredito mais nas suas promessas. Elas nunca se cumpriram mesmo.
E já passaram da validade, é, elas passaram da validade.
Mas… Querido estranho, se algum dia você conseguir enxergar, (estou aqui)
tudo aquilo que eu sempre senti, (por favor, me note)
e sempre tentei te mostrar, (eu imploro)
mas você nunca retribuiu (estou aqui, ei)
todo aquele amor, que você nunca quis receber (me sinto sozinha)
e se nesse dia, ainda houver tempo… (eu quero retornar)
Me diga, e eu saberei que você não é mais um estranho. (venha me buscar)


Ally sentiu saudades esse fim de semana. Tenham bons sonhos, lovers.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: