B.

28 abr

Eu sei que prometi nunca mais falar sobre ele, e que nem escreveria mais sobre o tal… Mas, essa foi uma promessa contra mnha vontade, e aqui estou, mais uma vez, me revelando aos poucos, contando minhas historias e amores. Na verdade, nem tudo que escrevo eh verdade, claro… Mas, dessa vez, so havera verdades e nao fabulas.

Eu nao sei o que aconteceu mas sei que tudo o que tinhamos mudou. Se eh que a gente tinha algo antes… Minhas poucas palavras explicariam o basico, so que nao quero ficar no basico dessa vez. Eu tinha me cansado de falar sobre nossos momentos e enusiasmos, e tomei a decisao de me colocar para fora da vida dele. Eu vou explicar… Tais momentos tivemos, e sim, foram bons. Foram mais do que suficientes para eu conseguir esquecer o mundo a fora, e pela primeira vez, esquecer a questao de aparencia. Sabe, o seu sorriso sempre me lembrava algo e eu nao sabia o que, mas descobri que o jeito dele sorrir me lembra o meu, ha um tempo… Eu era feliz, assim como ele, e nele encontrei meu eu feliz novamente. Eu nao quero perder isso e esse eh um dos motivos que nao quero me desligar de tal maneira dele. Tudo com ele fica melhor. Ele me faz rir ate nas brigas futeis; Nao tem como… eu me sinto viva com ele. Depois da noite passada, fiquei melhor e ja posso voltar a escrever dele. Ahh a noite passada.. Enquanto eu tentava  escutar a musica e reparar no mundo a minha volta, ele tirava toda a minha concentracao e sussurrava a letra da musica que estava sendo tocada no ‘show’. Eu nao tinha escolha, ele eh irresistivemente irresistivel( pra mim). Nao suporto a ideia dele ter mil SEMPRE ao lado dele.. A, isso me deixa brava, demais.Um dos motivos que me complica D: Mas, dessa vez eu tava feliz, e nao tinha motivo pra sair, claro, somente meus amigos que estavam a minha espera, mas eu nao me preocupei tanto no exato momento. Abraco o mais forte possivel era minha vontade, mas, so de estar ali ja me bastava entao, nem fiz nada. Adoro quando ele me abraca, me beija e principalmente quando me morde. Mas, eu tinha que pedir pra parar… Eu tinha que voltar com meus acompanhantes que me chamavam… Eu fui, e voltei, e como sempre ja tinha uma la, abracada… Tudo bem, dessa vez passa… Eu ja sabia que tinha ele, entao, fiquei mais tranquila dessa vez. Bom, odeio quando ele me ignora, mas quando ele me abraca esqueco toda a raiva que eu tava… Ele me faz me sentir bem melhor, ele eh meu sorriso de todos os dias. Sim, talvez eu o ame de verdade, mas nao sei se ele quer que eu me ‘entrometa’ na vida dele. A decisao dessa vez nao eh so minha. Mas sei que ele nao se preocupa comigo de verdade. Que pena, mais uma vez eu fiz coisas em vao e o preparei para outra.

Boa tarde, novamente, seus unbelieveres – ha                                       //Sarah

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: