Ironia.

17 abr

Tenho sentido umas dores, bem no peito. O meu eu, aqui dentro, dói. É como se ele gritasse, querendo sair e buscar algo. Eu não sei se isso é por causa da ausência de um amigo, de um basicamente ex amigo íntimo… Mas, pode ser uma dor por ausência de qualquer um. A, vai saber! Aposto que é pela ausência de qualquer outro, mas não dele… Nããão, não. Por que eu sentiria tamanha falta dele?! Ainda mais daquele que virou as costas por motivo algum; Aquele que me faz lembrar de coisas maravilhosas que passei e que não tenho mais; Aquele que me faz, hoje, me sentir um resto do vazio; Aquele que me despreza agora; Que arranjou uma substitua minha; Que não me responde mais; Que não ma aconselha mais; Que não me abraça; Que me ignora…
Por que eu sentiria tamanha dor pela ausência dele?! Só porque ele me fez bem? Porque me fazia rir? Porque me ensinou muita coisa? Porque me abraçava forte? Porque me amava? Porque cantou pra mim? Porque me ligava todo dia? Porque estava, literalmente, do meu lado sempre? Porque chorou no meu ombro? Porque eu amei? Porque eu abracei forte? Porque eu cantei pra ele? Porque escrevia pra ele? Porque eu fiz rir também? Porque me fazia dormir tocando violão? Porque eu sentiria tamanha falta e tamanha dor, por uma pessoa extremamente igual ao que procuro? Eu juro, não sei por que. Ele nem me fazia tão bem assim, ou eu que minto muito bem pra mim mesma. A, quão irônica sou.

Boa noite. Sentiram minha falta? ;*                                                       //Sarah

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: