Desabafo.

11 abr

A impressão que todos tem de mim é que sou uma pessoa grossa e fria. É como se eu não tivesse sentimentos e odiasse todos. Mas muito pelo contrário. Eu só não fui criada para ser uma menininha meiga e amorosa. Não é assim dentro de casa, nunca foi. Eu realmente gostaria de ser doce, ser meiga.. Ser o que você precisa. Não o que você quer. Algumas brincadeiras passam dos limites. Eu não sou um menino, cara. Eu não tenho um pinto! Será que é preciso mesmo falar assim? Eu sou menina, tenho sentimentos de menina, atitudes de menina… Por mais que eu me sinta melhor com garotos e me comporte como eles de vez em quando, eu continuo sendo uma menina. E as pessoas não sabem a hora de parar. Quando digo que estou feliz, não, eu não estou. E sabe porque não estou? Porque sinto falta das minhas melhores amigas e as noites que elas passavam em casa. Sinto falta de conversar sobre meninos, sobre tpm e sobre bandinhas. Porque não tenho para quem ligar, nem com quem ir no shopping comprar um sapato novo que combine com a jaqueta cor de abóbora. Que menino entende isso? Porque eu queria ser o que ele precisa, e queria que ele desse o mínimo de valor.
Não é que eu não goste da minha vida. Eu gosto, e muito. Só não entendo muitas coisas. Algumas, nem faço questão mesmo… Mas outras, em compensação, pesam sobre mim. Perdi muitas coisas nesse tempo. Não entendo a vontade divina para mim. Não seria ela boa, agradável e perfeita? Então me mostre, Deus.
Sim, sou fria. Sou fria ao ponto de não deixar transparecer que estou sofrendo. De não deixar transparecer o quanto me dói e me tira a paz ter que ignorar você, só para ver se você se importa. Sim, sou grossa. E sou porque não gosto de dizer o que acontece na minha vida. Odeio ter que te dar explicações. Odeio que as pessoas sintam o que eu sinto. Porque o que eu sinto não é legal.
Eu disse que não era feliz ali em cima, né? Não quero dizer que sou infeliz. Só quero dizer que me sinto exausta. Exausta de receber críticas, de não ser incentivada, de não ser notada. Porquê as pessoas pensam que eu sou paparicada? Não, eu não sou. Todos tem uma visão errada de mim.
Isso tudo não é o que sou. O que eu sou vai muito além disso. A única pessoa que me conhece de verdade, conhece meus sentimentos e minhas atitudes está bem longe para me apoiar agora.
E isso dói.

E isso é só mais um desabafp, está confuso e sem revisão.
Desculpe por fazer vocês lerem a toa.

Ally.

Anúncios

2 Respostas to “Desabafo.”

  1. Josh Orrico 11 de abril de 2010 às 19:10 #

    Ouvi alguém dizer uma vez que quem faz nossa imagem somos nós mesmos. Através do que dizemos, escrevemos e mostramos aos outros. O que nem sempre corresponde ao que somos de verdade, no interior da nossa natureza e solidão.

    Todos tem problemas. O que faz a diferença é como cada um lida com eles e se nós continuaremos confiando em Deus. É assim que eu vivo e pretendo morrer.

    E Bem-Vinda ao clube dos Frios e Grossos!! (ou ao clube dos “pavio-curto”)

  2. unknown 11 de abril de 2010 às 19:24 #

    Se recomponha menina, não pense assim, seja forte e vá atrás daquilo que tu acha que é bom pra você. É só isso que importa, e que vai te deixar feliz.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: